COMUNIDADES TRADICIONAIS: OS DESAFIOS QUE ENFRENTAM PARA QUE SEUS SABERES SEJAM VALORIZADOS PELO CURRÍCULO ESCOLAR

Autores

  • Gisele Paula Batista
  • Eugénia da Luz Silva Foster

Palavras-chave:

Saberes tradicionais, Relações Étnico-raciais, Comunidades tradicionais

Resumo

Este artigo é parte integrante da pesquisa científica - Tecnologia Social: uma alternativa pedagógica para valorização de saberes tradicionais do Distrito de Mazagão Velho, que está em andamento pelo Programa de Pós-graduação em Educação, da Universidade Federal do Amapá (PPGED/UNIFAP).  O debate principal aborda a relação de poder existente no campo das ciências que não enaltecerem os saberes de comunidades tradicionais de afrodescendentes, por não estarem no rol de conhecimentos que vinham de uma corrente de pensadores brancos, europeus que dominavam as relações econômicas, sociais e políticas do mundo, com isso por serem considerados não válidos ficaram de fora do currículo escolar. Finalmente, deixamos algumas contribuições para que se possa pensar um novo formato de currículo que reflita os anseios dos sujeitos da comunidade.

Downloads

Publicado

08/10/2021

Como Citar

Gisele Paula Batista, & Eugénia da Luz Silva Foster. (2021). COMUNIDADES TRADICIONAIS: OS DESAFIOS QUE ENFRENTAM PARA QUE SEUS SABERES SEJAM VALORIZADOS PELO CURRÍCULO ESCOLAR. Indentidade!, 23(2), 149–165. Recuperado de http://revistas.est.edu.br/index.php/Identidade/article/view/747

Edição

Seção

EDUCAÇÃO, SAÚDE E IDENTIDADE