O CONGO CAPIXABA COMO RESISTÊNCIA A ACULTURAÇÃO CATÓLICA

PRÁXIS SINCRÉTICA DESCOLONIZADORA DOS SABERES EUROCÊNTRICOS

Autores

  • Edeson dos Anjos Silva
  • Geisa Humpp Fernades Lacerda
  • Paulo Jonas dos Santos Júnior
  • Silvana Duarte Gonçalves dos Santos

Palavras-chave:

Congo, Catolicismo, Capixaba, Cultura Afro-Brasileira, Eurocentrismo

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de dialogar como sucedeu o período escravagista no Espírito Santo; a forma de tratar o corpo negro como mão de obra; como os escravos se estabeleceram na Província para além do entendimento do confinamento da senzala, pois suas formas de se estabelecerem em terras capixabas promoveram formas de pensar que partiu de um pensamento afro-brasileiro, ou melhor, um relato afro-capixaba. Neste processo, relatar a escravidão nessa terra extremante racista é fundamentar ou reavivar a contribuição do legado de homens e mulheres negras a partir do festejo do catolicismo popular do congo, como um legado da proposta de cultura e resistência que estão intimamente ligados ao conceito ou entendimento de Religião afro-brasileira.

Biografia do Autor

Edeson dos Anjos Silva

Mestre em Ciências das Religiões pela Faculdade Unida de Vitória (FUV). Contato: edesonanjos@hotmail.com

Geisa Humpp Fernades Lacerda

Mestra em Ciências das Religiões pela Faculdade Unida de Vitória (FUV). Contato: ghflacerda@hotmail.com

Paulo Jonas dos Santos Júnior

Doutorando em Planejamento Regional e Gestão da Cidade pela Universidade Cândido Mendes (UCAM); Mestre em Ciências das Religiões pela Faculdade Unida de Vitória (UNIDA); Pós-graduado em História e Cultura no Brasil pela Universidade Estácio de Sá (UNESA); Pós-graduado em Tutoria em Educação a Distância e Docência do Ensino Superior (ICETEC); Pós-graduado em Filosofia e Sociologia (ICETEC); Pós-graduado em Metodologia de Ensino Religioso e Artes (ICETEC); Pós-graduado em Maçonologia: História e Filosofia (UNINTER); Licenciado em História pelo Instituto Superior de Educação Elvira Dayrell (ISEED) e Bacharel em Teologia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da CGADB (FAECAD). Docente do Centro Universitário São José de Itaperuna (UNIFSJ). Contato: paulojsjunior@hotmail.com

Silvana Duarte Gonçalves dos Santos

Pós-graduada em Língua Portuguesa (FAFITA); Pós-graduada em Psicopedagogia (UCB); Graduada em Letras (FAFITA); Graduada em Teologia (FUV). Docente da SEEDUC-RJ. Contato: silvanadgsantos@hotmail.com

Downloads

Publicado

12/01/2021

Como Citar

Silva, E. dos A., Lacerda, G. H. F., Santos Júnior, P. J. dos, & Santos, S. D. G. dos. (2021). O CONGO CAPIXABA COMO RESISTÊNCIA A ACULTURAÇÃO CATÓLICA: PRÁXIS SINCRÉTICA DESCOLONIZADORA DOS SABERES EUROCÊNTRICOS. Identidade!, 26(1 e 2), 251–263. Recuperado de http://revistas.est.edu.br/index.php/Identidade/article/view/1205

Edição

Seção

RELIGIÃO, IDENTIDADE E HISTÓRIA